Mesa redonda debate violência doméstica e social contra mulheres

ASCOM
ASCOM
Publicado 14/03/2019 02:03:34

Os abusos morais e sociais contra a mulher tem ganhado cada vez mais destaque nos noticiários, na sociedade e repartições públicas. Com o intuito de debater soluções e formas de combater esse problema social, a Secretaria do Desenvolvimento Econômico (Sedec), através da Coordenação de Economia Solidária (Ecosol), iniciou nesta quarta-feira (13/3), uma série de discussões sobre o assunto.

Em formato de mesa redonda, a reunião ocorreu na nova sala da Sedec, localizada na Casa do Trabalho, e contou com a presença de lideranças femininas do município, que ressaltaram a importância da discussão. “Essa é uma pauta que precisa ser aprofundada diariamente, pois apesar de sermos a maioria na sociedade, somos a minoria em representatividade social e precisamos unir forças em busca de políticas afirmativas mais eficazes para preservação e execução, de fato, dos nossos direitos enquanto mulheres e cidadãs”, afirmou Riviane Valongo, que é coordenadora de Igualdades de Direitos e Combate à Discriminação de Camaçari.

Depoimentos de mulheres que viveram ou sofrem violência em seus lares, nas ruas e no próprio ambiente laboral, foram expostos na ocasião, como forma de evidenciar que toda mulher está suscetível ao trauma da agressão física e psicológica. “O trabalho de identificação e reabilitação da vítima de violência doméstica é muito extenso e profundo. É necessário um olhar especial dos profissionais que auxiliam essas mulheres”, destacou a coordenadora do Centro de Referência de Atendimento à Mulher (CRAM) Yolanda Pires, Bela Batista.

Segundo a idealizadora do movimento, Sineide Lopes, a reunião foi um chamamento das mulheres empreendedoras que fomentam a discussão dos direitos e valorização do público feminino no município. “Reuni essas lideranças da sociedade civil e governamental para mobilizar, dar voz e fortalecer as mulheres vítimas de violência e discriminação. Esse será um canal de discussão para quebrarmos o silêncio da opressão”, ressaltou Sineide.

Participaram ainda da reunião, Lucia Bichara, subsecretária de Turismo; Manuelina Ferreira, presidente da Federação de Mulheres Empreendedoras do município; líderes do Centro de Referência de Assistência Social (Cras), empresárias, servidoras públicas e sociedade civil. A próxima reunião de mulheres ocorrerá no dia 28 de março, com local e horário a ser definido.

Slideshow | 2 fotos

Mesa redonda debate violência doméstica e social contra mulheres

Mais Notícias

Gestores escolares participam de formação com foco na proteção aos estudantes

Gestores escolares participam de formação com foco na proteção aos ...

Camaçari recebe 81 novos residentes para Saúde da Família

Camaçari recebe 81 novos residentes para Saúde da Família

Entrega de cupons da Cesta de Páscoa começa no dia 05 de abril

Entrega de cupons da Cesta de Páscoa começa no dia 05 de abril

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.