Justiça intima sindicato

ASCOM BOT
Publicado 05/01/2018 03:01:32

O Tribunal de Justiça deu um prazo de 24 horas para o Sindicato dos Médicos da Bahia (SINDMED) comprovar o cumprimento da tutela de urgência concedida na liminar obtida pela Prefeitura de Camaçari, em 28 de dezembro de 2017, que declarou ilegal a paralisação dos médicos do Município, convocada pela entidade que representa a categoria. Caso o SINDMED não comprove que cumpriu a decisão, ou seja, determinou o fim da greve, a multa diária de R$ 25 mil por dia parado passará a R$ 50 mil/dia.

A juíza plantonista Maria do Socorro Santa Rosa de Carvalho Habib, que assinou o novo despacho sobre o assunto, advertiu o sindicato que “o descumprimento de ordem judicial configura ato atentatório à dignidade da Justiça, sem prejuízos das sanções criminais, civis e processuais não precisos termos do artigo 77, incisos 1º e 2º do CPC” (Código de Processo Civil).

Foto: Thiago Canuto

Prefeitura vem requalificando a rede médica do Município, precarizada pela gestão passada -

Mais Notícias

Elinaldo debate com Sesau e prefeito Bruno Reis sobre retomada das atividades econômicas

Elinaldo debate com Sesau e prefeito Bruno Reis sobre retomada das ...

Prefeitura realiza serviço de limpeza de canais

Prefeitura realiza serviço de limpeza de canais

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 3 de março de 2021

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 3 de março de 2021

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.