Grupo de Trabalho reforça atendimento à população

Iwwa Agência
Publicado 02/05/2016 03:05:08

Para atender as necessidades e levar os serviços assistências à população diagnosticada com tuberculose e hanseníase, a atenção básica da Sesau (Secretaria da Saúde) disponibiliza atendimento especializado nas unidades do Município.

Além do tratamento oferecido nos postos de saúde, a equipe realiza trabalho educativo nas comunidades com o apoio do GT/TB (Grupo de Trabalho de Controle da Tuberculose e Hanseníase), formado por técnicos da rede municipal e representantes da sociedade civil.

Dentre os serviços oferecidos estão acompanhamento da equipe multiprofissional do Departamento da Atenção Básica, oferta de medicamentos e suporte nutricional (mensal) ao paciente, uma vez que uma boa alimentação é fundamental no tratamento, que é concluído no prazo médio de seis meses para os diagnosticados com tuberculose e de seis a um ano para os casos de hanseníase.

A Sesau alerta a população sobre a importância de não interromper o tratamento, para evitar que as cepas da tuberculose fiquem mais fortes e resistentes. Se o paciente desistir da terapia, mesmo que morra a maioria dos bacilos mais fracos, os sobreviventes se multiplicarão, o que causará a chamada tuberculose multirresistente.

Nos casos de pacientes que interromperam o tratamento ou enfermos com problemas de saúde associados e que precisam de outros especialistas, como endocrinologistas, pneumologistas, dermatologistas e infectologista, são encaminhados para a Policlínica do Centro ou para o Cres (Centro de Referência e Especialidade em Saúde). No entanto, o atendimento continua a ser prestado pela equipe de origem.

GRUPO DE TRABALHO

Criado em 2009, em substituição à Comissão Municipal para o Controle da Tuberculose, o GT/TB (Grupo de Trabalho de Controle da Tuberculose e Hanseníase) é uma instância colegiada de caráter consultivo e propositivo, cuja missão é ser um articulador entre o governo e a sociedade civil, na busca da integração e contribuição para políticas públicas do controle a tuberculose e hanseníase no Município, para dar mais visibilidade às ações de mobilização, defesa, comunicação social, monitoramento e avaliação.

O Grupo de Trabalho é formado por membros do Conselho Municipal de Saúde, da Vigilância Epidemiológica, Departamento da Atenção Básica, Coordenação de DST/HIV e Conselho Local de Saúde, além da Sedes (Secretaria do Desenvolvimento Social), representantes do segmento religioso e de ONGs que trabalham com ações sociais e culturais.

         Entre as atividades oferecidas pelo GT/TB estão a elaboração do plano de trabalho, monitoramento e avaliação do plano, além dos indicadores operacionais e epidemiológicos relacionados aos agravos, para avaliar o impacto das ações.

Foto: Aristeu Chagas

Unidades de saúde têm atendimento especializado para população -

Mais Notícias

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 12 de abril de 2021

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 12 de abril de 2021

STT inicia semana com retomada de vistorias de táxis

STT inicia semana com retomada de vistorias de táxis

Sesp faz visita técnica na Av. Camaçari para tratar sobre iluminação

Sesp faz visita técnica na Av. Camaçari para tratar sobre iluminação

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.