Grupo de Trabalho aponta soluções

Iwwa Agência
Publicado 13/01/2014 02:01:27

O Grupo de Trabalho, criado para identificar os problemas relacionados aos fortes odores sentidos nos últimos dias em Camaçari, realizou a primeira reunião na última sexta-feira (10/01). Na oportunidade, foram apontadas algumas ações para identificar e solucionar o problema.

Dentre as ações previstas para serem executadas, ainda nas próximas semanas, está a presença de uma Estação Móvel de Monitoramento da Centrel, que deve ser instalada entre os bairros Inocoop e Ponto Certo, locais analisados com maior número de reclamações.

Outra ação relacionada à identificação de fontes ou potenciais poluidores não monitoradas pela Cetrel, a exemplo das cerâmicas em atividades no Município. As empresas devem ser chamadas para apresentar as licenças ambientas. Em seguida, agentes da Coordenadoria do Meio Ambiente visitarão as fábricas para fiscalizar se elas estão cumprindo o que foi exigido pelas licenças da Prefeitura.

Também ficou definido que será criada uma RPO (Rede de Percepção de Odores). Para tanto, haverá capacitação de membros das comunidades onde há maior incidência dos odores e incômodos. Eles serão treinados para perceber e identificar o tipo de resíduo que está em dispersão na atmosfera.

O Grupo de Trabalho é formado por representantes do Governo, da Cofic (Comitê de Fomento Industrial de Camaçari), da Cetrel e da sociedade civil organizada. A proposta do GT é iniciar os trabalhos investigatórios e direcionar as atribuições e responsabilidades e identificar mecanismos para intervenção do problema em tempo real.

Participaram do encontro Marinalva Cruz e Loyane Borges, da Coordenadoria do Meio Ambiente da Sedur (Secretaria do Desenvolvimento Urbano), Roberto Carvalho, da Defesa Civil, José Marcelo, da Sesp (Secretária dos Serviços Públicos), Valmir Araujo, da Sesau (Secretaria da Saúde), e Felix de Sousa e Valdir Rios, ambos da Limpec (Limpeza Pública de Camaçari). Além de Demóstenes Carvalho, Mauro Salatiel e Bruno Cardoso, todos representantes da CETREL, Ajax Tavares, representante da Comam (Conselho Municipal de Meio Ambiente).

Foto: Marcos Paulo

Marinalva Cruz participou de reunião na Cetrel -

Mais Notícias

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 11 de abril de 2021

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 11 de abril de 2021

Camaforró 2021 é cancelado por conta de nova onda do novo coronavírus

Camaforró 2021 é cancelado por conta de nova onda do novo coronavírus

Decreto prorroga medidas restritivas e suspende desfiles cívicos

Decreto prorroga medidas restritivas e suspende desfiles cívicos

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.