Encontro Regional da Defesa Civil debate produtos perigosos

Iwwa Agência
Publicado 13/06/2008 02:06:07

O 3º Encontro Regional de Defesa Civil, realizado nesta sexta-feira (13/06), abordou o tema Produtos Perigosos. A primeira palestra, ministrada pelo Promotor Ambiental Luciano Pitta, tratou do assunto no âmbito jurídico, esclarecendo as questões relativas aos crimes ambientais e às punições previstas em lei.

Também palestraram representantes de empresas e associações como a Petrobrás e o Comitê de Fomento Industrial de Camaçari (Cofic). As apresentações explicaram como funciona o esquema de segurança, transporte e movimentação de produtos químicos, como a amônia, produto utilizado pela Petrobras/Fafen, instalada no Pólo Petroquímico de Camaçari.

A coordenadora Adjunta da Defesa Civil do Estado, Ivone Valente, presente ao encontro, parabenizou Camaçari pela ação que ajuda a promover o aumento de conhecimento. “Quanto mais oportunidades de discutir e trazer especialistas que atualizem as formas de combate às zonas de risco, maior será a segurança para a população”, observou.

Para Dílson Conceição Filho, representante do Grupo Unigel, empresa Acrinor, o evento é importante para todos que mantêm relação com o meio ambiente, em especial empresas do Pólo, uma vez que trabalham e transportam produtos de risco, que podem gerar danos à população e ao ecossistema.

Estiveram presentes no evento os secretários da Indústria, Comércio e Serviços (Seinc), Djalma Machado, da Mulher (Semu), Aurenita Castillo, da Defesa Civil, Ademar Lopes, além de representantes de órgãos municipais, associações, Pólo Petroquímico e de empresas de transporte.

GERENCIAMENTO DE RISCO
No atual Governo, a Defesa Civil estendeu os serviços prestados à comunidade e ganhou status de Secretaria. Além disso, qualificou a ação no Município e se transformou em referência no Estado ao aderir a Política Nacional de Gerenciamento de Risco.

Com o objetivo de promover amparo permanente da população contra desastres naturais ou provocados pelo homem, a Defesa Civil deve socorrer e assistir populações atingidas, além de reabilitar e recuperar áreas deterioradas por desastres, assim como atuar na iminência ou em situações de desastres.

Foto: Nelinho Oliveira

Técnicos de municípios da região participam do encontro -

Mais Notícias

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 16 de abril de 2021

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 16 de abril de 2021

Sedur realiza ação de desocupação em área de preservação ambiental

Sedur realiza ação de desocupação em área de preservação ambiental

Vacinação da primeira dose contra a Covid-19 retorna em Camaçari

Vacinação da primeira dose contra a Covid-19 retorna em Camaçari

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.