Encontro explica Pronasci para moradores dos Phocs

ASCOM BOT
Publicado 13/02/2009 02:02:18

Moradores dos Phocs 1, 2 e 3 tiveram mais uma oportunidade de esclarecer as dúvidas sobre o Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci) e de ouvir as polícias civil e militar do Município.

A reunião, que aconteceu na noite de quinta-feira (12/02), no Centro de Atendimento Integrado à Criança e ao Adolescente (Caic), já é a terceira realizada, este ano, pela Coordenação Municipal do Programa.

Maria de Loudes Barreto Santana, moradora do Phoc 1, ouviu atenta as explanações e concluiu que os projetos do Pronasci garantem políticas de segurança e ações sociais. “Através do Programa os jovens e suas famílias têm direito à educação, oficinas e cursos de capacitação”, diz.

Para Sônia Lima dos Santos, mãe de um dos bolsistas do Protejo, o projeto permite que os jovens tenham novas condições de aprendizado. “Esses meninos vão ter uma ocupação e poderão aprender coisas novas. Isso os afasta da marginalidade e das drogas. A bolsa que eles ganham é importante, mas o que mais interessa é a capacitação”, conclui.

Camaçari é a primeira cidade baiana, contemplada pelo programa do Governo Federal, a iniciar as atividades do Protejo. A aula inaugural está marcada para quarta-feira (18/02), às 15h, no teatro da Cidade do Saber Professor Raymundo Pinheiro.

A coordenadora municipal do Pronasci, Selmária Matos informou que grande parte dos profissionais que irão coordenar as oficinas são moradores de Camaçari.

O apoio do Pronasci para execução de projetos de qualificação policial foi citado pelo delegado titular da 18ª Delegacia de Polícia de Camaçari, Clayton Leão. O delegado falou que tem intensificado o combate ao tráfico de drogas no Município e informou sobre as mudanças realizadas na instituição para atender melhor à comunidade.

Estiveram presentes representantes das Secretarias Municipais, o consultor técnico estadual do Protejo, Marcos Guimarães e os presidentes das associações de moradores do Phoc 1, Everaldo Vieira, e do Phoc 2, Adonias Silva de Almeida.

Também marcaram presença a delegada titular da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam), Janaína Dore, o capitão do 12º Batalhão da Polícia Militar, André Luiz Cunha, o tenente da Companhia Independente Especializada em Policiamento do Parque Industrial (CIEPPI), Ciro Gabriel e lideranças comunitárias.

ATENDIMENTO À MULHER
Durante a reunião Janaína Dore informou que no dia 12 do próximo mês vai ser realizado o Março Mulher.

O evento é organizado pela Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP) com o objetivo de oferecer serviços da área de saúde, educação e orientação jurídica. Ainda não foi definido o local do evento.

No mesmo mês (dia 10), ainda está programada a reunião do Conselho Comunitário de Segurança da Cascalheira. O encontro vai ser às 19h, na escola Santo Antônio, em Machadinho. O grupo vai discutir o estatuto da entidade.

Foto: Nelinho Oliveira

Moradores debetem com as polícias civil e militar -

Mais Notícias

Escuta especializada está suspensa em Camaçari

Escuta especializada está suspensa em Camaçari

Prefeitura continua entregando benefícios sociais

Prefeitura continua entregando benefícios sociais

Moradores do bloco 19 do conjunto Lucaia voltam a ocupar imóveis

Moradores do bloco 19 do conjunto Lucaia voltam a ocupar imóveis

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.