Cordoaria ganha Cras e Posto de Saúde da Família

ASCOM BOT
Publicado 27/10/2008 08:10:27

A localidade de Cordoaria, área remanescente de quilombo em Camaçari, ganha em 2009 dois novos equipamentos públicos: o Centro de Referência da Assistência Social (Cras) – Casa da Família e o Posto de Saúde da Família, ambos construídos com recursos municipais.

A previsão é de que a obra inicie em janeiro e fique pronta no prazo médio de seis meses. As duas unidades representam um investimento de R$ 720 mil. Há 25 quilômetros do centro da cidade, Cordoaria abriga, aproximadamente 1.200 pessoas.

Para obter atendimento médico, os moradores têm de percorrer 19 quilômetros até o posto mais próximo, em Cajazeiras de Abrantes. Por conta disso, a administração municipal decidiu construir uma unidade própria no local para oferecer uma melhor qualidade de vida à população quilombola.

O posto vai funcionar com uma equipe, composta por médico, enfermeiro, técnicos de enfermagem, cirurgião dentista, auxiliar, digitador, higienizador, recepcionista e vigilante.

CASA DA FAMÍLIA
Para ampliar ainda mais a assistência aos moradores, a Prefeitura também constrói a Casa da Família, considerada porta de entrada da Assistência Social. O espaço conta com uma equipe composta por assistentes sociais, psicólogos, auxiliares administrativos, recepcionista e coordenador, que oferecem serviços de proteção social básica às famílias e indivíduos em situação de vulnerabilidade social.

O diferencial da unidade será a contratação de um antropólogo, que realizará um estudo do local e o trabalho de resgate da cultura. Desde o início da atual administração, a Prefeitura de Camaçari dispensa uma atenção especial à Cordoaria.

Prova disso são as ações como a reforma e ampliação da escola Nossa Senhora de Santana que, além da estrutura padrão, ganhou um museu para exposição de artefatos e utensílios relacionados à cultura africana, a recuperação da Casa da Farinha, reconstrução da Associação de Moradores e dos três chafarizes que atendem a região. Também foi feita a entrega de novas moradias a famílias carentes que viviam em casas de taipa.

Foto: Agnaldo Silva

Cerca de 1.200 pessoas moram na comunidade -

Mais Notícias

Vacinação contra a Covid-19 avança pra idosos de 80 anos acima neste sábado (6/3)

Vacinação contra a Covid-19 avança pra idosos de 80 anos acima nest...

Leitos de retaguarda no Caps III começam a funcionar nesta sexta-feira (5/3)

Leitos de retaguarda no Caps III começam a funcionar nesta sexta-fe...

Prefeitura envia à Câmara PL que dá benefícios fiscais a projetos habitacionais

Prefeitura envia à Câmara PL que dá benefícios fiscais a projetos h...

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.