Coco é tema do 2º Fórum Comunidades e Turismo

ASCOM BOT
Publicado 15/07/2008 12:07:10

O 2º Fórum Comunidades e Turismo, que acontece de quinta-feira (17/07) a sábado (19/07), no Resort Vila Galé, em Guarajuba, orla de Camaçari, tem como tema este ano o Ciclo Cultural do Coco.

A intenção do fórum é oferecer alternativas para desenvolver economicamente a população local, aproximando os fornecedores dos representantes de hotéis da região. As inscrições são gratuitas e os interessados deverão preencher a ficha disponível no site www.clusterdeturismo.com.br e enviar para o endereço eletrônico clustercc@gmail.com ou ligar para (71) 3287-2338.

O assunto promete reunir uma serie de técnicos de agências públicas e privadas, estudiosos de agronomia, biologia, empreendedores do agronegócio, cooperativas, produtores, líderes comunitários e empresários que desejam investir na indústria verde.

Especialistas debaterão assuntos como Sistemas Sustentáveis de Produção de Coco, Nutrição e Adubação do Coqueiro, Manejo Fitossanitário da Cultura do Coqueiro e Aproveitamento da Fibra de Coco. Além do Potencial das Fibras Naturais para a Produção de Nanocompósitos via Extrusão e Injeção. Será discutida ainda a possível implantação de um Arranjo Produtivo Local (APL) do Coco para atender a região e incrementar a cadeia produtiva do coco.

Além de palestras e ciclo de debates, o evento vai reunir estandes para rodadas de negócios e exposição de produtos. O público alvo são produtores locais, líderes comunitários, técnicos de agências e gerentes de compras de hotéis e pousadas.

O 2º Fórum de Comunidades e Turismo é promovido pelo International Trade Centre, Instituto Imbassaí, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Cluster de Turismo da Costa dos Coqueiros e a Secretaria de Turismo de Camaçari.

INDÚSTRIA E ARTESANATO
O coco, fruto tropical amplamente cultivado no Brasil, é rico em proteínas, gorduras, calorias, carboidratos, vitaminas (A, B1, B2, B5e C) e ainda em sais minerais, principalmente potássio e magnésio. Por isso, além de saboroso, é considerado um alimento muito saudável e nutritivo.

Do coco, tudo se aproveita. A camada externa serve para fabricar substrato agrícola, capachos, brochas, escovas, estofamentos e tecidos grossos para sacos. A casca dura é usada no artesanato e como fonte de energia térmica (combustível para caldeiras). As partes comestíveis do fruto são a polpa branca e a água, que podem ser consumidas quando o fruto ainda está verde ou depois de maduro.

Da polpa madura extraem-se o leite, coco ralado, o farelo e o óleo. O leite de coco e o coco ralado são usados para preparar uma infinidade de pratos doces e salgados. O farelo é destinado ao consumo animal. O óleo é usado na alimentação e na fabricação de sabão, cosméticos e detergentes.

PROGRAMAÇÃO

QUINTA-FEIRA – (17/07):

8h30 Entrega de material e Credenciamento
9h Abertura Oficial – Armando Ollandezos, diretor Executivo do Cluster de Turismo
9h15 Discursos da Mesa Diretora
9h30 O ITC – International Trade Center – Patricia Francis, diretora Executiva do ITC – Geneve
9h50 Doação de Equipamentos pelo ITC e Assinatura de Convênios – Base Empresarial Cluster Turismo Costa dos Coqueiros
10h A Produção Associada ao Turismo na Estratégia da Setur – Domingos Leonelli, secretário estadual de Turismo
10h20 O Banco do Nordeste e as Cadeiras Produtivas – João Antônio de Castro, superintendente interino BNB Bahia.
10h40 Economia Criativa e o Turismo – Edival Passos, superintendente do Sebrae Bahia.
11h Intervalo coffee break
11h30 O Valor das Fibras Naturais no Mercador Externo – Coco e Sisal – Wilson Andrade, presidente do Sindicato de Fibras Naturais da Bahia
12h Debate Fernando Florence (engenheiro agrônomo) mediador
12h30 Intervalo para Almoço
14h O Processo do Desenvolvimento Turístico na Costa dos Coqueiros – Eduardo Farina, superintendente da Suinvest/Setur
14h30 A Produção de Orgânicos na Região – Tomohide Takenami, Secretário de Agricultura de Mata de S. João.
14h45 Agricultura da Costa dos Coqueiros – Jorge Santos Cortez, engenheiro agrônomo, Chefe EBDA / Mata S. João
15h15 Programa de Apoio às Comunidades – Juçara Santos, gestora Socioambiental da CLN
15h45 SNV (Cooperação Holandesa) América Central – Martin Cabrera, Assessor Senior SNV
16h Intervalo coffee break
16h30 A Rede de Negócios da Costa dos Coqueiros, Armando Ollandezos, diretor Executivo do Cluster de Turismo
16h50 Políticas de Compras – Vila Galé
17h Políticas de Compras – Superclubs
17h10 Rede de Fornecedores Locais – Silvio Bello, presidente da Associação Barro Branco
17h20 Políticas de Inclusão Social do Instituto Imbassaí – Francisco Oliveira, diretor Executivo do Instituto Imbassaí
17h30 Artesanato e o Mercado – Gabriela Lisboa Artesã, turismóloga e consultora
18h15 Debate e encerramento

SEXTA – FEIRA – (18 /07)

8h30 Coco – Perspectivas no Beneficiamento da Casca – Fernando Florence, engenheiro agrônomo/consultor
9h Sistemas Sustentáveis de Produção de Coco – Humberto Rollemberg Fontes, Embrapa
10h Nutrição e Adubação do Coqueiro – Lafayette Franco Sobral, Embrapa
11h Intervalo coffee break
11h30 Manejo Fitossanitário da Cultura do Coqueiro – Joana Ferreira dos Santos, Embrapa
13h Intervalo Almoço
14h Aproveitamento da Fibra de Coco Seco – Maria Urbana Nunes, Embrapa
14h30 Aproveitamento da Fibra de Coco – Maria Urbana Nunes, Embrapa
15h30 Potencial das Fibras Naturais para a Produção de Nanocompósitos
via Extrusão e Injeção – O caso da Fibra de Coco – professor Alcides Lopes Leão (PhD.) UNESP
16h30 Intervalo coffee break
17h Sistemas Simplificados de Esgotamentos Sanitários – Paulo Rusky, Sucab
17h30 Debate com público presente
18h Encerramento – Márcio Tavares Barreiros, presidente do Cluster de Turismo

SÁBADO – 19 /07

8h Visita técnica em produção local – Manejo da Cultura e Controle Técnicos da Embrapa

Foto: Arquivo

O coco é uma importante matéria-prima para o artesano -

Mais Notícias

Prefeitura publica Decreto que mantém medidas restritivas até dia 8 de março

Prefeitura publica Decreto que mantém medidas restritivas até dia 8...

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 2 de março de 2021

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 2 de março de 2021

Jornada Pedagógica Virtual da Secult inicia retomada de atividades da pasta

Jornada Pedagógica Virtual da Secult inicia retomada de atividades ...

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.