Caprinocultura desponta como diferencial competitivo e atrativo turístico em Camaçari

ASCOM
ASCOM
Publicado 07/08/2019 04:08:49

O pai, Antônio Roque, começou criando caprinos. A mãe, Herminia Santa Rosa, iniciou a produção de queijo. E hoje, a filha, Katia Santa Rosa, conduz o Capril Kadosh, um empreendimento de economia familiar que é um importante diferencial competitivo para Camaçari no comércio de laticínios com padrão de qualidade internacional. É agronegócio, caso de sucesso e turismo! A trajetória dessa família ilustra o novo modelo de gestão integrada da Prefeitura de Camaçari, unindo secretarias para criação de um plano integrado de desenvolvimento econômico e turístico para a zona rural e Costa de Camaçari.

A fábrica de laticínios, instalada há dois anos na região de Maracaiubas, distrito de Vila de Abrantes, recebeu na tarde de terça-feira (06/07) a visita do secretário de Turismo, Gilvan Souza, e do vereador Dedel. A visita tem como foco a criação, junto à Secretaria de Agricultura e Pesca (Sedap), de ações de promoção da caprinocultura na zona rural, e através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec), a viabilidade de linhas de crédito para o agronegócio e o escoamento e vivência desses negócios familiares como atrativo turístico, por meio da Secretaria de Turismo (Setur).

Divulgada através de feiras agroecológicas e exposições, o laticínio Kadosh já é responsável pelo fomento da caprinocultura nas regiões de Terra Maior, Coqueiro de Arembepe e Barra de Pojuca. “O município é muito rico de terras e extensão rural. Eu vejo na criação de cabras e produção de produtos derivados do leite, uma oportunidade de renda para mais famílias, de forma sustentável e sem desmatamento. Para ajudar, estamos promovendo o escoamento dessa produção através do laticínio”, conta Katia Santa Rosa, responsável pelo empreendimento.

Além da criação de cabras, melhoramento genético e produção de queijo, no local o visitante encontra criação de pombos-correio, diversidade de aves e roedores. “Quando dizemos que Camaçari é um destino completo e tem tudo para criar através do Turismo uma indústria sem chaminé, é dessas iniciativas que estamos falando. Da degustação de um queijo com padrão internacional genuinamente camaçariense, ao ecoturismo e resgate de tradições. A Secretaria de Turismo está mapeando todas essas vertentes para criação de um plano que valorize toda a cidade”, defende o secretário Gilvan.

A iniciativa de conhecer e fomentar a caprinocultura como produto de Turismo foi do vereador Dedel, que após o seminário do Plano de Desenvolvimento Integrado do Turismo Sustentável (PDITS), percebeu essa abertura de mercado proposta pela gestão da Setur. “Ao visitar o Capril Kadosh, eu percebi o quanto o município não tem essa visão do laticínio e que temos criadores de cabras leiteiras. Através disso, pensei na potencialização do turismo, que é a questão do ecoturismo que está em alta. Eu pude ver uma cadeia produtiva nisso aí, onde pequenos agricultores e criadores poderiam ser incentivados pelo município a estar cuidando do seu rebanho e já ter onde vender o seu produto”, destacou.

A infraestrutura de incentivo à caprinocultura, laticínio e criação de uma cadeia produtiva já está na pauta do prefeito Elinaldo Araújo e está sendo discutida pelos secretários de Desenvolvimento da Agricultura e Pesca, Antônio Falcão, e Desenvolvimento Econômico, Waldy Freitas.

Terruá de Camaçari

No dicionário informal, Terruá está classificado como termo que identifica algo ou um produto (um vinho, um ritmo musical, uma iguaria) específico de um determinado lugar. Na prática, os queijos produzidos com caprinos criados em Camaçari, com um tipo específico de água, clima e vegetação, concedem ao município uma espécie de selo específico, colocando a cidade no mapa de criação e produção ligados à caprinocultura.

Slideshow | 6 fotos

Caprinocultura desponta como diferencial competitivo e atrativo turístico em Camaçari

Mais Notícias

Verdes Horizontes recebe oficina de participação social para revisão no PDDU

Verdes Horizontes recebe oficina de participação social para revisã...

Palestra marca o Dia do Auditor Interno

Palestra marca o Dia do Auditor Interno

Novembro da Diversidade tem início e lota o Foyer do Teatro Cidade do Saber

Novembro da Diversidade tem início e lota o Foyer do Teatro Cidade ...

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.