Cancelamento do Festival de Arembepe é tema de coletiva de imprensa

ASCOM
Publicado 13/03/2020 02:03:49

Em virtude do cancelamento do Festival de Arembepe, que ocorreria entre os dias 20 e 23 de março, na manhã desta sexta-feira (13/3), o prefeito Elinaldo Araújo realizou uma coletiva de imprensa para conceder esclarecimentos acerca da decisão. O encontro aconteceu na sala de reuniões da Secretaria de Governo (Segov), com a participação de representantes da administração e segurança pública municipal, garantindo que não haverá prejuízos para o público envolvido de maneira direta ou indireta na organização da festa.

Colocando a saúde como fator prioritário, na oportunidade foram apresentadas as principais recomendações concedidas pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e do Ministério Público da Bahia (MP-BA), por conta do aumento do número de casos do coronavírus (COVID-19) no país, fator determinante para a suspensão do evento. Uma das orientações da OMS, é evitar lugares com grandes aglomerações de pessoas para inibir qualquer possibilidade de contaminação.

Na perspectiva de preservar a integridade e saúde dos munícipes, o chefe do Executivo, Elinaldo Araújo, afirmou que “esta é a medida que acreditamos ser mais prudente neste momento. Nós estamos em alerta, preparando a equipe e o orçamento para qualquer situação que for necessária para poder dar todo o suporte para a nossa população”, explicou.

Segundo o secretário da Saúde, Elias Natan, o cenário tem mudado de uma maneira muito rápida e o índice de casos tem aumentado de maneira gradativa. “A partir do momento da positividade do vírus circulando na Bahia e da possibilidade real de uma transmissão local, não mais apenas os casos suspeitos que vinham do exterior, nós tomamos como medida a suspensão do festival decorrente do grande número de pessoas que participam da festa”, pontuou.

Ainda de acordo com o titular da pasta, o município possui à disposição da população 11 respiradores, distribuídos nas Unidades de Saúde da Família (USF) e nos postos de Pronto Atendimento (PA), quantidade suficiente para suprir os possíveis atendimentos. Até o momento, em Camaçari foram identificados quatro casos suspeitos, sendo que três foram descartados, mas um ainda está em observação.

Na coletiva também foi informado que os barraqueiros e ambulantes que efetuaram o cadastramento para comercializarem durante do festival serão reembolsados. Ainda não há um prazo definido para o período do ressarcimento.

Participaram da coletiva, representantes das secretarias da Saúde (Sesau); Serviços Públicos (Sesp); Governo (Segov); Esporte, Lazer e Juventude (Sejuv); Educação (Seduc); Desenvolvimento Econômico (Sedec); Defesa Civil; coordenação de Eventos; da Prefeitura Avançada da Costa; 59º Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) e da Câmara de Vereadores.

Slideshow | 3 fotos

Cancelamento do Festival de Arembepe é tema de coletiva de imprensa

Mais Notícias

Sedes estimula doação de sangue para reforçar estoque do Hemoba

Sedes estimula doação de sangue para reforçar estoque do Hemoba

Reunião discute parâmetros para retomada das aulas presenciais

Reunião discute parâmetros para retomada das aulas presenciais

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 17 de maio de 2021

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 17 de maio de 2021

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.