Atividades marcam Dia Mundial do Diabetes

ASCOM BOT
Publicado 13/11/2008 08:11:55

Os portadores do diabetes de Camaçari tiveram nesta sexta-feira (14/11) uma manhã movimentada. Em referência ao Dia Mundial, a Secretaria da Saúde (Sesau) organizou atividades com cerca de 400 diabéticos da sede e orla do município, com o intuito de alertar a população sobre as formas de prevenção e cuidados necessários com a doença.

Além de palestra sobre o assunto, uma fisioterapeuta deu aulas de alongamento e relaxamento. Em seguida, o grupo de Teatro Amador de Camaçari (TAC) encenou um espetáculo sobre os riscos do diabetes.

Para Josélia de Oliveira Costa Sena, moradora do bairro da Piaçaveira, que há cinco anos convive com a doença, as atividades do Dia Mundial do Diabetes trazem novas informações. “A palestra nos alerta para os cuidados que devemos ter para evitar maiores problemas de saúde”.

No município, os diabéticos são atendidos pelo programa Hiperdia. Através dele, são garantidos acompanhamento médico, visita domiciliar, fornecimento de medicamentos e atividades educativas de grupo.

Todo serviço é feito nos Pronto-Atendimentos (PA´s), postos de Saúde da Família (PSF´s) e Unidades Básicas (UBS´s) de Camaçari. Segundo o supervisor da Saúde do Adulto, Giuliano Souza, o Hiperdia tem quase 10 mil pessoas cadastradas entre diabéticos e hipertensos.

“Descobri o diabetes há 16 anos e de lá para cá muita coisa mudou no atendimento. Hoje conto com toda assistência necessária ao meu tratamento e tudo é feito mais rapidamente”, diz Maria Aurineide Valentin de Barros, 63, que é assistida pelo PSF da Piaçaveira.

O tema escolhido para campanha deste ano foi Diabetes em Crianças e Adolescentes. A proposta é uma reação aos dados estatísticos da International Diabetes Federation (IDF), que mostram que a cada ano mais de 70 mil crianças no mundo desenvolvem diabetes tipo 1. A do tipo 2, que antes se desenvolvia apenas em adultos, está aumentando entre o público infantil. A pesquisa atribui os índices à obesidade e falta de atividade física.

O diabetes pode ser hereditário ou adquirido por maus hábitos, como alimentação ruim, sedentarismo, fumo, álcool ou stress. Os sintomas mais comuns são sede excessiva, rápida perda de peso, fome exagerada, cansaço inexplicável, muita vontade de urinar, má cicatrização, visão embaçada, falta de interesse e de concentração, vômitos e dores estomacais.

Foto: Agnaldo Silva

Palestra e teatro marcam o dia mundial contra a doença -

Mais Notícias

Camaçari publica decreto com restrições para o fim de semana

Camaçari publica decreto com restrições para o fim de semana

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 26 de fevereiro de 2021

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 26 de fevereiro de 2021

Ação de fiscalização no combate à Covid é intensificada pela Sedur e STT

Ação de fiscalização no combate à Covid é intensificada pela Sedur ...

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.