Assembléias do OP 2009 começam dia 10

ASCOM BOT
Publicado 03/03/2009 07:03:46

O Orçamento Participativo (OP) volta às atividades no dia 7 de março, às 14h, na Casa do Trabalho.

O evento marca o início de mais um ciclo de debates que serão realizados, na primeira etapa até maio, com a participação da população, Organizações Não-Governamentais (ONG), associações de moradores e representantes do governo.

O objetivo é criar uma relação direta entre a gestão pública e a comunidade. Durante os encontros, são discutidas as demandas de cada localidade para obras e serviços da administração municipal a serem realizadas no ano seguinte.

Segundo o coordenador do OP, Raimundo Diácomo, este é um importante mecanismo utilizado pelo governo para que os cidadãos possam contribuir com a administração pública decidindo, junto com a Prefeitura, como as verbas públicas serão aplicadas.

A primeira assembléia está marcada para o dia 10 de março, às 19h, na escola Denise Tavares, e vai contar com a participação dos moradores da Vila Irmã Dulce, Bomba, Gleba B, Natal, Parque Florestal, Alto da Cruz e Parque Satélite.

Na primeira etapa do Orçamento Participativo são eleitos os novos delegados e debatidos os problemas dos bairros. Os delegados são escolhidos através de voto direto das pessoas presentes nas assembléias e obedece à proporção de um delegado para cada dez participantes.

A segunda etapa, que acontece de julho a setembro, prevê a prestação de contas da Lei Orçamentária Anual (LOA) e a eleição de novos conselheiros.

RESULTADOS
O Orçamento Participativo foi implantado em 2005 e reuniu mais de 30 mil pessoas. Foram eleitos mais de dois mil delegados da sede, orla e zona rural de Camaçari.

Para Raimundo Diácomo, o OP tem apresentado resultados positivos. “As reivindicações feitas pela população através das assembléias foram atendidas pelo governo, a exemplo da construção de escolas, praças, pavimentação de ruas, revitalização do Morro da Manteiga, além das obras do esgotamento sanitário”.

Atualmente, o OP é composto por 485 delegados, 120 conselheiros sendo 60 titulares e 60 suplentes, além de membros da administração.

Foto: Nelinho Oliveira

Mais de 30 mil pessoas já participaram das reuniões -

Mais Notícias

Escuta especializada está suspensa em Camaçari

Escuta especializada está suspensa em Camaçari

Prefeitura continua entregando benefícios sociais

Prefeitura continua entregando benefícios sociais

Moradores do bloco 19 do conjunto Lucaia voltam a ocupar imóveis

Moradores do bloco 19 do conjunto Lucaia voltam a ocupar imóveis

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.