Ação debela incêndio no Centro Comercial

ASCOM BOT
Publicado 03/11/2008 09:11:40

O incêndio que ocorreu na noite de segunda-feira (03/11) no boxe 769 de panelas e alumínio, do Centro Comercial de Camaçari, foi rapidamente controlado, graças à ação eficiente da Defesa Civil do Município, evitando que o fogo se alastrasse.

A Polícia Técnica vai ao local investigar as causas do incêndio. A suspeita, no entanto, é de que tenha havido um curto-circuito.

De acordo com o secretário de Serviços Públicos, Eduardo Magalhães, a Defesa Civil evitou danos maiores. “A operação foi muito rápida e organizada, prova disso é o fato de que o fogo não se alastrou”. O secretário informou que vai articular com a Defesa Civil a realização de um curso de brigadista para os vigilantes da feira.

Após receber o laudo da Polícia Técnica, que vai identificar o real motivo do acidente, o administrador da feira, Antonio Bittencourt, planeja realizar uma campanha preventiva de conscientização dos permissionários de forma a evitar novos casos.

O INCÊNDIO
Ao perceber a fumaça, às 21h43 de segunda-feira (03/11), de acordo com os registros do sistema de monitoramento eletrônico, os vigilantes acionaram, através do rádio integrado, a Defesa Civil, Superintendência de Trânsito e Transporte (STT) e Polícia Militar, que se dirigiram ao Centro Comercial.

Menos de cinco minutos após as equipes de socorro serem acionadas, o brigadista André Xavier, que passava pelo local, viu a fumaça e entrou para controlar o incêndio com o uso de um dos 80 hidrantes localizados em locais estratégicos do Centro Comercial.

Os agentes da STT chegaram às 21h48, seguidos da equipe da Defesa Civil composta por 10 pessoas entre o coordenador, brigadistas e pessoal de apoio. Como o fogo já havia sido controlado pelo brigadista André Xavier, a equipe da Defesa Civil que estava no plantão abriu o boxe e finalizou o processo de resfriamento do espaço.

Ao tomar conhecimento do fato, Antonio Bittencourt seguiu para o Centro Comercial, chegando às 22h. A polícia isolou a área por questões de segurança. Apenas o dono do boxe, Lindelfonso Rabelo da Silva, teve acesso ao interior do Centro Comercial.

Mais Notícias

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 25 de fevereiro de 2021

Boletim Epidemiológico de Camaçari – 25 de fevereiro de 2021

Sesp altera funcionamento do Centro Comercial e de atividades da pasta

Sesp altera funcionamento do Centro Comercial e de atividades da pasta

Setores da prefeitura tem atendimento ao público modificado

Setores da prefeitura tem atendimento ao público modificado

Pressione enter para começar a busca ou Esc para fechar a janela.